Três Pontas comemora 165 anos com Desfile Cívico

Evento realizado na Praça Cônego Victor retratou a Mineiridade e atraiu grande público

A Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) declarou 2022 o Ano da “Mineiridade” e este foi assunto retratado no Desfile Cívico em comemoração aos 165 anos de Três Pontas. O evento levou uma multidão até a Praça Cônego Victor na manhã deste domingo (3). Com alegria estampada no rosto, os trespontanos prestigiaram a volta das apresentações das escolas e outros convidados depois de dois anos, tempo em que o Desfile Cívico não foi realizado devido à pandemia Covid-19.

O Hasteamento das Bandeiras deu início à festividade. Participaram, o prefeito Marcelo Chaves Garcia, o presidente da Câmara, vereador Maycon Douglas Vitor Machado, e ainda o comandante da 151ª Companhia de Polícia Militar, capitão Júlio César Gomes Soares. No ato solene, hinos foram executados pela Corporação Musical Luiz Antônio Ribeiro, sob a regência de Wander Scalioni.

No Coreto, o prefeito Marcelo Chaves, o vice-prefeito Luis Carlos da Silva, e a secretária Municipal de Educação, Mariane Pimenta Silva Ávila, receberam os convidados, dentre eles, vereadores, o capitão da PM, Júlio César Soares, e o delegado da Polícia Civil, Gustavo Gomes. No decorrer do evento, secretários municipais e outras lideranças juntaram-se e, juntos, aplaudiram estudantes, professores, diretores – enfim, todos que abrilhantaram o Desfile.

Em pronunciamento, Marcelo Chaves manifestou sua alegria em estar à frente da Administração Municipal. Falou ainda que as grandes obras em andamento refletem a sua preocupação em proporcionar qualidade de vida à comunidade e de construir um futuro melhor para os trespontanos. O prefeito agradeceu a confiança manifestada pelos cidadãos e parceiros dos âmbitos municipal, estadual e federal.

Com o tema “Mineiridade que colore o mundo com cantos, encantos e cooperação. Minas é um Trem Dentro da Gente!”, o Desfile Cívico resgatou tradições, histórias, simbolismos contidos em Minas Gerais. Reforçou – através de músicas, danças, faixas, adereços, caracterizações – que pertencer a este Estado, à essa mineiridade, é gratificante.

Veja a seguir, a síntese do Desfile Cívico

Banda da Apae “Pequeno Príncipe” sob a regência de Helbert Gama, com o tema Cultura Mineira e a Dança, acompanhada dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) e Materlândia, com o tema: Cultura Mineira e Brincadeiras.

Colégio Novo Milênio – Cootec, com o tema: Expressões, Gírias, Sotaque Mineirês.

Fanfarra da Escola Coração de Jesus-Objetivo/Coraçãozinho-Objetivo sob regência do maestro Rafael Paiva Ferreira, com o tema: Expressões, Gírias, Sotaque Mineirês, acompanhada das Escolas Municipais Professora Nilda Rabello Reis; Antonieta Ferracioli Duarte; Nossa Senhora Aparecida e Professor Vieira Campos com o tema: Cultura Mineira e a Culinária.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Faça seu pedido